Trio é condenado por tentativa de latrocínio e associação criminosa

PMs foram atacados após explosão de caixas eletrônicos.

 

        Sentença da 2ª Vara Criminal de Botucatu determinou a condenação de trio acusado de participar de associação criminosa e tentativa de latrocínio. Um deles foi sentenciado a 63 anos e sete meses de reclusão e ao pagamento de 24 dias-multa, e os outros dois a 58 anos, 11 meses e nove dias de reclusão, todos em regime inicial fechado.

        Consta dos autos que os acusados e outros dois indivíduos não identificados explodiram caixas eletrônicos de duas agências bancárias na cidade de Pardinho, interior do Estado, e dispararam diversas vezes contra PMs que estavam na base policial, com a intenção de matá-los. Durante a ação, eles também subtraíram armas de vigilantes que prestavam serviço para os bancos.

    Ao proferir a sentença, o juiz Henrique Alves Correa Iatarola afirmou que as provas dos autos comprovam a materialidade e autoria dos delitos, sendo de rigor a condenação. “Não foi produzida sequer uma única prova válida acerca da negatória apresentada em sede de interrogatório, como determina o artigo 156 do Código de Processo Penal.”

        Cabe recurso da sentença.

        Processo nº 0011630-20.2017.8.26.0079

 

        Comunicação Social TJSP – MF (texto) / internet (foto)

         imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail